top of page
Blog.png
  • Foto do escritorKAREN BRITTO

Vamos falar sobre as veias safenas?

Atualizado: 1 de jun.

Oi gente,


Como um bom blog de cirurgia vascular e angiologia precisamos falar de um tema que todos os dias é assunto de questionamento no consultório, no whatsApp, no instagram e em todos os meios que os pacientes possam questionar – inclusive na roda de bate papo de amigos: varizes! Em especial, sobre a VEIA SAFENA.


Tanto se ouve e se teme em falar sobre ela, mas ela é assim uma vilã? O que significa quando está doente?


Em primeiro lugar, já vamos começar encerrando um grande mito e o maior medo: se seu médico diagnosticou uma doença na veia safena, pode ficar tranquilo(a), não significa que isto é um problema no coração. Elas são veias que temos nas pernas, mas não chegam nem perto do coração.


Agora, depois de já termos resolvido esse medo, há outra coisa importante a saber: nós temos mais de uma veia safena em cada perna, sendo as principais, que mais adoecem, em frequência: veia safena magna (ou safena interna), veia safena parva (ou veia safena externa) e veia safena acessória anterior (que muitas vezes nem aparecem no exame de ultrassom doppler, já que o esperado é que elas estejam de fino calibre).


Mas tá, e aí? Eu tenho todas essas veias e o que significa quando elas adoecem? Dá pra consertar? Remédios e pomadas resolvem?





Primeiramente devemos entender o que é uma veia: uma veia é um tubo reto e valvulado. E o que é uma varize? É uma veia que se tornou dilatada, tortuosa e que a válvula não funciona adequadamente

Nessa imagem vemos uma veia saudável. Vemos o fluxo sanguíneo indo de baixo para cima e segue um fluxo único, justamente por causa da válvula. Por motivos vários, essa veia pode se tornar doente: dilatada, tortuosa e vejam que a válvula não fecha adequadamente e a isso chamamos de REFLUXO! É justamente este refluxo que causa a maior parte dos nossos sintomas.


Pensando nas veias safenas, o refluxo pode ser a causa de surgimento de novas varizes, dor, peso, cansaço e tantos outros sintomas. Quando muito dilatada, por esse fluxo de sangue que não segue um fluxo único, temos também maior risco de trombose.


Então tá, eu entendi o que é uma varize e que se a minha veia safena pode ficar doente, todo mundo precisa sair pesquisando se as veias safenas estão doentes? Não!

Nós só precisamos pesquisar se as veias safenas estão doentes se tivermos sintomas, que podem ser peso, cansaço, inchaço, varizes de grosso calibre e até outros vasinhos que estejam pelo trajeto das safenas.

Nosso corpo é muito inteligente, ao invés de criar um furo no encanamento, ele cria vasos novos para drenar a pressão aumentada localizada nestas veias



Inclusive, estas lesões demonstradas ao lado já apresentam um importante grau de hipertensão venosa, além de grande sofrimento de pele, sendo manifestação pré-ferida - estas chamadas de corona phlebectaticas


E como vamos pesquisar essa doença das veias e veias safenas? Vamos confirmar o diagnóstico através de um exame, que é o ultrassom doppler, através dele, feito com o paciente em pé, é utilizado exatamente para avaliação daquelas válvulas que tanto falamos.



As veias safenas doentes podem trazer consequências importantes, desde queixas como peso, cansaço, até manchas na pele, pigmentação, trombose e feridas.


Por isso, o melhor remédio é a prevenção. Não temos como evitar que estas veias safenas fiquem doentes, por mais saudáveis que sejam nossos hábitos de vida, mas conhecer nosso corpo e perceber as mínimas alterações são fundamentais.


Ao perceber estas alterações ou se você já apresenta varizes, marque a sua consulta. Tendo um diagnóstico, podemos planejar a melhor forma de tratamento para cada caso – só pra já adiantar, infelizmente cremes e pomadas não ajudam, precisamos intervir diretamente nessas veias (mas esse é assunto para outro bate papo!)


Estou te esperando no consultório!

E já sabe, qualquer dúvida só nos mandar.

235 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page